Latt-ale, conheça a nova cerveja à base de café

beer-latte

O que é o que é, tem 5.6% de teor alcoólico, cheiro de espresso e cor de espresso, mas não é um drink nem um espresso? Resposta: é a Latt-ale, cerveja à base de café! Ela foi criada pela Meantime Brewing em Londres, em colaboração com os especialistas em café do Nude Coffee Roasters.

Chamado de ‘latt-ale’ ou ‘beerista’, o evento para criação e demonstração desse novo tipo de café, como lançamento do novo porter desta cafeteria de Londres, foi uma sensação!

As variações envolvendo nosso amado cafezinho estão a cada dia que passa aumentando a paleta de opções, para nossa alegria! Café com abacate, com laranja, com limão, drinks alcoólicos com café, café com glitter, e agora… tam tam tam tam… uma boa cervejinha gelada com café! Que tal?

A novidade é: dois tipos de cerveja produzidas pela empresa. A Espresso Porter, que tem mais cafeína do que um expresso duplo e teor alcoólico de 9%, e a chamada Cream of The Crop, com teor alcoólico de 4% mais cremosa, aromatizada com lactose e que também contém aveia. Ela é chamada pelos criadores de ‘cerveja de leite’.

As cervejas foram criadas pelo BrewMaster da Meantime, Ciaran Giblin, e por Kane Statton, especialista do Nude Coffee Roasters. Eles descrevem isso como “uma nova e emocionante experiência para os amantes de cerveja e café”.

Tudo no site EveningStandard UK, seção Go London.

Confira abaixo uma seleção de cervejas fabricadas ou aromatizadas com café:

1.WÄLS PETROLEUM
Produzida com diversos tipos de grãos escuros, apresenta corpo aveludado, licoroso e denso. Possui aromas de chocolate belga, café, toffee e caramelo, e amargor equilibrado. É maturada com cacau belga.

2.COLORADO DEMOISELLE
Demoiselle é o nome de um dos aviões inventados por Santos Dummont, que passou parte da infância na região da Alta Mogiana (MG), onde seu pai foi um dos grandes expoentes no cultivo do café. E é esse ingrediente, combinado com maltes importados, que dá o toque no sabor e aroma desta cerveja.

3.MIKKELLER COFFEE IPA
Essa cerveja é uma edição limitada “Brewed For Brazil”, linha de seis rótulos criada para agradar o paladar brasileiro. Trata-se de uma IPA de coloração dourada e espuma cremosa, fabricada com adição de café. No aroma, notas herbais e marcantes de café.

4.HOCUS POCUS COFFEE HUSH
É a versão da Hush (Amber Ale) com adição de café. Durante a produção, a cerveja fica em contato com os grãos por pouco tempo, a fim de extrair as características mais solúveis, destacando o aroma mais frutado ao invés de torrado.

5.BLONDINE VOLCANO COFFEE STOUT
É uma cerveja de coloração preta e espuma cremosa, fabricada com grãos de café arábica. Apresenta aroma intenso e sabor equilibrado, com notas tostadas do malte, leve chocolate amargo e predomínio do café, lembrando um expresso gelado.

6.DEAD DOG COFFEE IPA
A Dead Dog “Edição Especial”, com adição de café, é uma American IPA já conhecida dos cervejeiros do circuito Rio-Niterói. Os grãos de café, selecionados e torrados pelo Barista Bruno Couto, são usados inteiros para aromatizar a bebida, com 5,7% de ABV e 56 IBU.

7.MEANTIME COFFEE PORTER
Quase dá pra se tomar no café da manhã, junto de um belo omelete! A Meantime possui aroma de malte torrado, que lembra muito café. A espuma é preta, com um belo creme. No sabor, o café aparece quase como um ice coffee.

8.TUPINIQUIM MONJOLO IMPERIAL PORTER
Eleita a melhor cerveja do Brasil no RateBeer (2016), tem coloração negra e espuma bege. Seu aroma lembra o café, caramelo tostado e licor de alcaçuz. O sabor é torrado, com toques de café, toffee, baunilha e chocolate. O final é amargo e lupulado.

9.EVIL TWIN AÚN MÁS CAFÉ JESÚS
É uma das mais celebradas cervejas com café. Trata-se de uma Imperial Stout com 12% de teor alcoólico e um sabor fortíssimo de café! Também se nota lúpulos herbáceos e florais, junto do alto teor alcoólico.

10.KAFFEE BIER
De Londrina, a capital mundial do café, surgiu a Kaffee Bier, da Von Borstel, com 4,8% de teor alcoólico. A variedade de café utilizada foi a Catuaí Vermelho, da Região de Jacarezinho — Norte Pioneiro do Paraná, aliado ao processo de ‘Cold Brew’, com infusão direta durante o processo de maturação.

Espec. em Conteúdos e Mídias Sociais

Me chamo Alex Melo, moro em São Paulo capital, formado em ciência da computação mas atuando na área comercial como executivo de contas. Fortalezense, filho de pai piauiense + mãe cearense, tenho uma verdadeira paixão por café. Realizei cursos no segmento cafeeiro aqui mesmo em São Paulo/SP, além de workshops sobre café e uma grande conquista no segmento: visitei e explorei meu primeiro cafezal! A cada dia descubro um sabor, um novo grão, uma nota ou uma alegria a mais a partir das experiências que tenho com esses pequenos grãos mundo afora!

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.