Hachiko: japonês escondido no Centro do Rio

hachiko0

Sempre que meu sócio me telefona e descobre que estou almoçando no Centro do Rio já sei exatamente o que ele irá me perguntar, cheio de ironia e sem duplo sentido: “E aí? Está traçando uma rabada?” O sarcasmo dele é justificado, tenho que confessar, por meu conhecido gosto por comida de verdade, principalmente se envolver algum tipo de carne. E também pelo fato de que os restaurantes do Centro são em sua maioria identificados com cardápios tradicionais, pouco influenciados por modismos ou preocupações com a pressão ou o colesterol do comensal.

Uma exceção à regra que vale uma visita é o Hachiko, um dos melhores restaurantes de comida asiática da cidade. Para começar, ele fica quase escondido numa pequena travessa entre o Palácio Tiradentes, a Igreja de São José e o Tribunal de Justiça, o que já me agrada muito. Além disso, o Hachiko ocupa um desses velhos sobrados do Centro, com suas longas escadas de madeira e muita história acumulada.

Mas o destaque é realmente a comida, claramente influenciada pela tradição japonesa. O restaurante funciona num formato de menu degustação, com diversas etapas em pequenas porções. Os pratos são inventivos e surpreendentes, sem se render às invencionices que diversos restaurantes japoneses cometem neste país tropical.

A composição do menu varia sempre, mas geralmente inclui sushis, sashimis, ceviches, risotos e combinações de peixe e carne. Nas minhas últimas visitas, o Hachiko nos brindou com sashimi de cavaquinha, capuccino de cogumelos, barriga de porco confitada com mousseline de baroa, sushi de xerelete (foto abaixo), risoto de pato, tempurá de lula e espetinho de camarão com molho de maracujá, entre outros pratos.

O Hachiko é uma lufada de modernidade no cenário gastronômico extremamente conservador do Centro. É a prova também de que, se a experiência valer a pena, qualquer tipo de restaurante tem lugar no meu coração.

AVALIAÇÃO
Comida: 8/10
Ambiente: 8/10
Serviço: 7/10
Preços: Caros

Dica extra: Se o leitor decidir me chamar de dinossauro, terá toda razão, mas ainda sou daqueles que compra CDs. Acho que é reflexo da paixão adolescente pelas lojas de discos e pela emoção de tirar o plástico de um LP estalando de novo. Para quem é assim como eu – digamos, apegado às tradições – a Arlequim é uma das boas lojas do ramo no Centro do Rio e fica no Paço Imperial, muito perto do Hachiko. A Arlequim tem boa seleção de jazz e MPB, possui um bistrô competente e ainda oferece ao cliente o privilégio de entrar num edifício construído em 1738.

HACHIKO
Travessa do Paço, 10
Centro, Rio de Janeiro
Telefone: (21) 2533-6366
Site: hachiko.com.br

 

 

 

Editores, colaboradores e convidados do portal Gastronomix.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.