Conheça o glossário do mundo do café

mundo-do-cafe

Está perdido(a) com algumas palavras usadas no mundo do café? Algumas delas muito técnicas – um verdadeiro ‘cafesês’ – e que, ao olhar para um cardápio ou mural de cafeteria, bate sempre aquela dúvida: ‘Então, já ouvi essa palavra… Como que é mesmo a bebida?’.

Bom, já conhecemos a famosa versatilidade do café! E com ela, os diferentes tipos de ingredientes que podem mudar e dar, além de ainda mais sabor à nossa bebida favorita, uma nova identidade. São diversos os ingredientes e claro, mais nomes diferentes surgem para o mercado cafeeiro! Para nossa alegria! Sem falar também dos métodos de preparo, vários existentes!

A gente só queria dizer que seus problemas acabaram! Rs. Montamos uma listinha com algumas palavras que com certeza vão te ajudar! Dica: imprima e leve com você! =)

Nossa listinha é formada de palavras por: métodos de preparo + tipos de bebidas com café

GLOSSÁRIO DO MUNDO DO CAFÉ

Aeropress: é um dispositivo peculiar e amável, facilmente a mais portátil e durável opção para se fazer um café de qualidade através da pressão. Trata-se de uma extração por ar comprimido com o café passando por um filtro (de papel ou de metal).
Hario V-60: é um meio prático de fazer café coado direto em uma xícara ou outro recipiente. Método limpo e descomplicado. Veja como preparar seu café com filtro de papel em 12 passos.

Chemex: é um método de extração com filtro de papel extremamente charmoso, com filtro e refratário em uma mesma estrutura estilosa e elegante.

Moka, ou cafeteira italiana: uma cafeteira que funciona com pressão à vapor, proporcionando um café de sabor intenso. Veja como utilizá-la em nossa matéria.

Prensa francesa, ou ‘French Press’: Simples e rápida, ela infunde água e café juntos, depois, o filtro de malha é empurrado separando o pó de óleos e partículas finas.

Espresso: além de ser um termo muito utilizado, a sua escrita está sempre em pauta de discussões por aí. Podendo ser escrito como ‘expresso’ (as duas formas estão corretas e possuem seus ‘defensores’ pela internet afora, com seus argumentos próprios e pontos de vista). Bom, voltando, é um método de preparar café através da passagem de água quente sob alta pressão pelo café moído. Veja 7 métodos de preparos de café.

Americano: Leva água quente no próprio café e a quantidade pode variar. Ficando com aquele aspecto mais ‘aguado’.

Pingado: Um copo de leite quente que recebe uma pequena quantidade de café, ou seja, somente um pingo de café. Bebida bastante popular em botecos e padarias do Brasil e é, geralmente, servido no copo americano.

Média: Tradicional nas padarias brasileiras, é conhecida lá fora como Latte ou Café Latte. Café espresso com leite vaporizado e uma fina camada de espuma. Sua textura deve ser um pouco menos cremosa que o cappuccino. Também pode ser chamado de Cortado.

Cold Brew, ou café frio (e não gelado): é um tipo de café extraído a frio, ou seja, não tem contato com água quente como ocorre na forma tradicional. Por usar água fria, o processo de obtenção da bebida é bem mais lento (pode levar até 18 horas).

Iced Coffee: é um café feito com água quente e depois resfriado. A diferença aqui com relação ao Cold Brew, é que quando o café passa pelo filtro, ele cai no gelo e é resfriado imediatamente.

Macchiato: também conhecido como espresso macchiato, é um café com leite típico da Itália, consistindo num café espresso misturado com uma pequena quantidade de leite quente com espuma. Nosso preferido!

Breve: Este maravilhoso café leva uma dose de espresso e creme half and half, mas não é muito comercializado no Brasil pela dificuldade em encontrar este creme por aqui.

Mocha: Leva calda de chocolate, leite vaporizado, espuma de leite e café espresso. Pode ser chamado também de Mocaccino.

Cappuccino: embora muitos conheçam, mas que vale a pena explicar o preparo pois confunde às vezes. É uma bebida italiana preparada com café espresso e leite. Um cappuccino clássico, muito famoso no Brasil consiste em 1/3 de expresso, 1/3 de leite vaporizado e 1/3 de espuma de leite. E não tem chocolate, hein!

Irlandês:  Um café que é acrescentado uísque irlandês com uma camada de creme ou chantilly.

Hawaiano: É um café que leva leite de coco em sua mistura.

Tailandês: É servido gelado. Prepara-se o café através de infusão do café moído e separa-se para gelar.

Árabe: Este interessante café contém canela e cardamomo em sua mistura.

Caribenho: É um café curioso, onde é acrescentado calda de açúcar, uma dose de rum, licor de café, gelo, creme de leite e meia dose de Martini, de preferência light, ou leite de coco e claro, café bem forte. Veja aqui 15 Tipos de café.

Conferiu? Agora veja se o seu paladar dá Match com sua linguagem, e nos conte nos comentários abaixo! =) E até o próximo post!!!! Gostaram? Conta aqui pra gente qual a palavra do cafesês mais te deixava sempre com aquela pulguinha atrás da orelha?

Marquem seus momentos cafezinho usando a #GraoDoDia

Espec. em Conteúdos e Mídias Sociais

Me chamo Alex Melo, moro em São Paulo capital, formado em ciência da computação mas atuando na área comercial como executivo de contas. Fortalezense, filho de pai piauiense + mãe cearense, tenho uma verdadeira paixão por café. Realizei cursos no segmento cafeeiro aqui mesmo em São Paulo/SP, além de workshops sobre café e uma grande conquista no segmento: visitei e explorei meu primeiro cafezal! A cada dia descubro um sabor, um novo grão, uma nota ou uma alegria a mais a partir das experiências que tenho com esses pequenos grãos mundo afora!

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.