Conheça a Escola de Chá Embahú

Escola-de-Cha-Embahu

Há algum tempo, paquerava à distância a Escola de Chá Embahú. Não me cansava de abrir o site, ouvir os podcasts, procurar por novas datas e cursos oferecidos. Ensaiava uma ida à Escola – assim mesmo, com “E” maiúsculo, pois se dedica tão somente à educação e disseminação da cultura do chá -, mas São Bento do Sapucaí parecia tão longe de Brasília que a hora certa sempre ficava para depois…

Foi então que em uma dessas “futricadas” habituais, vi que a Escola organizaria a Rota do Chá, na região do Vale do Ribeira/SP (já falei desse passeio no texto Percorrendo a Rota do Chá Brasileiro). A cidade de Registro, tida como a capital do chá brasileiro, também parecia longe, mas pensei que essa seria uma boa oportunidade de conhecer um monte de gente com interesses semelhantes e, quem sabe, convencer a própria Escola a trazer um dos seus cursos para Brasília.

A Rota do Chá foi incrível, super bem organizada; conhecer as famílias Amaya e Shimada, produtoras de chá nacional, foi ter um sonho realizado; as companhias de viagem foram as melhores possíveis. Antes de voltarmos para casa, enganchei uma conversa com a professora Yuri Hayashi, fundadora da Escola, sobre a possibilidade de realização de um curso em Brasília, mas a ideia ficou no ar. Sem nada acertado e com aquela vontade de aprender só aumentando, comecei a pensar… Se Registro nem era assim tão longe, por que São Bento seria?

Convenci o marido e duas amigas a embarcarem na viagem de chá. Contatei Yuri e, depois de falarmos sobre as datas possíveis para o grupo e para a Escola, estabelecemos o mês de janeiro para a visita. Ano novo, lá fomos nós, rumo à Serra da Mantiqueira.

Aos pés da Pedra do Baú está a sede da Escola de Chá Embahú. No mesmo terreno, há também o chalé-moradia de Yuri e Cláudio, seu marido, fotógrafo, cozinheiro e co-fundador da Escola. Um segundo chalé serve de hospedagem para alunos. O visual do lugar, por si, já valeria a viagem. E o que parecia perfeito ainda melhorou: com curso de chá!

É impossível dissociar a “pessoa Yuri” da história que originou a Escola de Chá Embahú. Formalmente estabelecida em 2005, tem seu surgimento ligado à ascendência oriental e consumidora de chá da professora, à mudança de vida de um casal, ao interesse comum por comidas e bebidas, à insistência de amigos que pediam por cursos na área. De tudo isso misturado, criou-se um lugar mágico, que tem à frente das aulas uma professora-artista-designer disciplinada e organizada, responsável pelo material didático bastante completo para o início dos estudos; nos bastidores, um cervejeiro responsável pelas harmonizações entre chás e comidinhas… E, como moldura, um cenário especial!

As aulas dos cursos escolhidos – Essencial de Chás e Sensorial de Chás – foram de aprendizado e diversão. Uma turminha querida se formou e muito conhecimento foi e ainda é compartilhado. Dali mesmo, já saí como participante do Clube de Degustação, conduzido à distância pela professora, que envia por correio o material necessário e, atentamente, analisa cada cupping feito pelos alunos (tô na terceira etapa, minha gente, torçam por mim!).

Para saber mais sobre a Escola de Chá Embahú, que fica em São Bento do Sapucaí/SP, basta acessar o site http://escoladecha.com.br/; no instagram, procure por @escoladecha. Yuri também mantém um blog bem interessante, www.yuri.com.br/blog. No antigo, onde tudo começou, você também encontra informações bem importantes sobre o mundo dos chás, com dicas de leitura, blends e lugares: www.chaarteevida.blogspot.com.br. Por fim, também é fácil contatá-la pelo instagram @yuri.hayashi.

Minhas experiências com a Escola até aqui foram simplesmente irretocáveis. E isso só me faz querer aprender ainda mais. Neste ano, um novo curso foi lançado, Treinamento Olfativo para Chás Especiais, e é claro que eu já quero repetir a visita; um narizinho bem treinado torna qualquer experiência mais prazerosa! São Bento, de repente, virou parte da minha rotina, quase vizinha de Brasília, rs, do tanto que penso em retornar… Quem sabe você não se anima e nos encontramos por lá em novembro, hein?

Se quiser saber de outros detalhes, precisar de alguma orientação ou compartilhar alguma dica imperdível, deixe mensagem, mande e-mail para eloinachazeira@gmail.com; sempre respondo! Chá, como já disse, é meu assunto preferido, sempre! Você também me encontra diariamente nas redes sociais, instagram @chazeira ou Facebook Chazeira.

Beijos e bons chazinhos! Até a próxima quinta!

Especialista em chás

Se tiver chá, lá ela estará! Apaixonada pelo mundo dos chás e tudo o que com ele se relaciona, de porcelana a livros, de lugares a receitas, de comidinhas a experiências. Acredita que a xícara perfeita é capaz de criar momentos mágicos; a eles se entrega com toda a sua verdade... E eterna curiosidade! Especialista em chás e tea blender por paixão, servidora pública por profissão. Em Brasília/DF.

2 Comentários

  1. Eloína nos transportando a lugares mágicos e abrindo novos horizontes. Desde criança já gostava de chás mas… nada, nada de conhecimento. Os chás pretos eram os meus favoritos. Agora, com essas oportunidades que Eloína nos passa, meu mundo se abriu e há tanto a aprender. Obrigada, Eloína, pelo espaço, pelas dicas e por tanto conhecimento.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.