Carla Saueressig: referência de chá no Brasil

Carla Saueressig

Você já deve ter percebido que, volta e meia, pessoas, suas histórias e receitas, aparecem por aqui. Faço isso para que a gente se lembre de que, sem essas pessoas, não há chá na xícara, não há conhecimento compartilhado. Com elas, a gente experimenta, aprende, divide; são elas que nos inspiram a conhecer mais e melhor. Por isso, hoje é dia de falar de Carla Saueressig, minha primeira referência de chá no Brasil.

Conheci Carla há alguns anos, em minhas visitas obrigatórias – e deliciosas! – à sua loja, A Loja do Chá – Tee Gschwendner, no Shopping Iguatemi de São Paulo. Foi ela quem abriu a minha cabeça e me apresentou os chás verdes japoneses Matchá e o Gyokuro, quando tudo o que eu conhecia eram chás pretos em estilo inglês, além de infusões da casa da vovó. Foi ela quem me mostrou que o chá podia estar no bolo, no ovo de páscoa, na feijoada, em preparos de criatividade sem limite.

Inspirada pelo paladar materno – a mãe era uma exímia “experimentadora”, que fermentava vinagre, vinho e cerveja em casa, a partir de lúpulo que comprava de uma farmácia alemã, na cidade de Sapiranga, no Rio Grande do Sul -, Carla nunca teve medo de ousar. No ano de 1999, em meio à crise cambial e um cenário econômico instável, vendeu um apartamento para inaugurar seu negócio de chás, franquia de loja que havia conhecido na Alemanha, diferente de tudo o que o mercado brasileiro já havia experimentado, no principal centro comercial do país.

Foram 17 anos dedicados à Loja, que chegou a ter três unidades na cidade de São Paulo, além de irmãs em Brasília, Porto Alegre, Curitiba e Florianópolis; as férias se resumiam a treinamentos sensoriais na sede da empresa-mãe, na Alemanha. E nesse período, fez história. Além de ter introduzido a bebida de forma definitiva no circuito gastronômico do país, a partir de experiências com o chá como tempero, drinks com chá, harmonização de chás com cervejas e vinhos, dedicou-se à formação de sommelieres na ABS – Associação Brasileira de Sommelier, e ainda lançou seu próprio curso de formação de Sommelieres de Chás.

Com a chef Helena Rizzo, na Revista Caras

A Loja não existe mais, é verdade; encerrou suas atividades em 2017. Mas Carla segue firme no propósito de espalhar o chá pelo mundo. Permanece à frente do projeto das aulas e degustações, inspirando seguidores que torcem para que ela venha logo a Brasília, compartilhar conhecimento e histórias colecionadas em todos esses anos. Quem me ajuda a convencê-la a vir por essas bandas?

Por enquanto, para deixar a gente morrendo de vontade, Carlinha compartilhou uma de suas maravilhosas receitas. Inspiração para o sábado, que cheira a chocolate. É fácil e até eu me animei a tentar… Vamos lá?

Tortinha de chocolate e caramelo defumado – publicada originalmente na revista Prazeres da Mesa

Modo de preparo

Base (patê sable)
230 g de farinha de trigo
150 g de manteiga
100 g de açúcar refinado
100 g de farinha de amêndoa
20 g de cacau em pó Valrhona
1 ovo

Caramelo defumado
250 ml de creme de leite fresco
200 g de açúcar refinado
200 g de glucose
10 g de manteiga
4 g de chá defumado Lapsang Souchong

Ganache
400 g de chocolate 55%
400 g de creme de leite fresco

Base (patê sable)
1 Misture os ingredientes secos.

2 Coloque a manteiga e mexa bem para virar uma farofinha. 3 Adicione o ovo e trabalhe a massa até que fique homogênea; a base tem de estar assada antes de preparar o recheio.

Caramelo defumado

1 Leve todos os ingredientes para a panela; quando começar a ferver, mexa sem parar até atingir 115 oC.

2 Coloque com cuidado o caramelo na base de torta já assada, enquanto o caramelo estiver quente, pois depois ele endurece e fica muito difícil de rechear as tortinhas; coloque 1 colher de sopa de caramelo em cada base de torta.

Ganache
1 Ferva o creme de leite fresco e adicione ao chocolate, em duas etapas.

2 Mexa bem até ficar uma mistura lisa, homogênea e brilhante.

3 Depois de frio o caramelo, adicione a ganache até a borda da tortinha; espere esfriar e sirva; pode guardar na geladeira por até 4 dias.

Água na boca por aqui… E aí?

Para acompanhar as aventuras de Carla, bem como as datas dos eventos e cursos por ela ministrados, basta seguir seu instagram @alojadocha, tem harmonização com saquês e degustação vindo por a8, ainda em agosto, para quem estiver em São Paulo. Nas minhas redes, @chazeira no insta e Chazeira no Facebook, também costumo postar as novidades.

Beijos e boa tentativa! Até a próxima quinta!

Especialista em chás

Se tiver chá, lá ela estará! Apaixonada pelo mundo dos chás e tudo o que com ele se relaciona, de porcelana a livros, de lugares a receitas, de comidinhas a experiências. Acredita que a xícara perfeita é capaz de criar momentos mágicos; a eles se entrega com toda a sua verdade... E eterna curiosidade! Especialista em chás e tea blender por paixão, servidora pública por profissão. Em Brasília/DF.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.