10 coisas para saber sobre a cerveja

Imagem mostrando tipos variados de cervejasCréditos: Rodrigo Caetano.

Quando você está no bar tomando sua cerveja com certeza nem imagina a longa trajetória que aquela receita enfrentou até chegar ao seu copo — seja uma breja artesanal ou uma industrializada daquelas que muita gente já não quer beber.

Pois é uma looonga história, e que não começa na Alemanha, como faz crer a tradição cervejeira daquele país. Vamos dar uma voltinha bem rápida no túnel do tempo para saber de onde vem essa saborosa tradição

  1. A cerveja surgiu (por mero acaso) na antiga Mesopotâmia, mais precisamente na Suméria (atual Iraque), por volta de 2100 a.C.

  2. Presume-se que agricultores armazenaram grãos em vasos e a chuva ou uma infiltração deu início ao processo de fermentação. Sim, porque qualquer açúcar ou alimento que contenha amido pode sofrer fermentação natural.
  3. O nome cerveja vem de Cerevisia, como foi chamada a primeira cerveja primitiva. Teria sido em homenagem a Ceres, a “deusa das plantas que brotam” (ou seja, dos grãos).
  4. Os egípcios não demoraram a aprender a arte de fabricar cerveja. Produziam uma versão escura que era bebida diariamente, e levaram esse hábito para o milênio seguinte.
  5. Nos primeiros anos, a cerveja muitas vezes matava a sede no lugar da água, que era muito exposta a contaminações e provocada doenças.
  6.  Na Idade Média (séculos 5 a 15), os mosteiros passaram a fabricar cerveja. Os monges foram os primeiros a adicionar ervas na receita para conseguir diferentes aromas — louro, sálvia, gengibre e lúpulo, entre outros.
  7. Ah, o lúpulo! Acredita-se que foram os monges do Mosteiro de San Gallo, na Suíça, que tiveram a ideia de acrescentar esse ingrediente usado até hoje. Isso lá por volta dos anos 700…800

  8. No século 12, os monges começaram a perder a exclusividade no fabrico. Começaram a surgir pequenas fábricas na Europa. e essas foram aperfeiçoando a receita. Descobriu-se aí, por exemplo, a importância da água para a qualidade da bebida
  9. Calcula-se que hoje em dia existam umas 20 mil marcas de cerveja no mundo todo. em todo o mundo. Ela é a bebida alcoólica mais consumida no planeta
  10. A cerveja mais cara do mundo *ou seria melhor dizer uma das) é a Samuel Adams Utopia (U$ 150 a garrafa de 750ml, cerca de R$ 550), produzida em Boston, Estados Unidos. Ela é lançada a cada dois anos em tiragem limitada.

Jornalista

Jornalista paraibano radicado em Brasília. Há 30 anos, trabalha com jornalismo cultural e, mais recentemente, com os assuntos de gastronomia. Passou pelas redações do Jornal de Brasília, Correio Braziliense, Jornal da Paraíba, Veja Brasília e site Metrópoles. É autor do livro O Fole Roncou, finalista do Prêmio Jabuti em 2013. Atualmente, também é editor do Boníssimo (link para bonissimo.blog), blog que aborda assuntos de cultura, diversão e ações positivas. Está no Gastronomix desde sua criação em 2009.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.